10 anos de Rede EBC! Fale connosco: +351 239100351 ou hello(at)ebc.pt Renew Europe Entrevista na TSF | Opinião | Sítio institucional Rede EBC.

Programa de Parcerias Locais

Economia de Transição

Somos uma Rede Social, com mais de 6.000 membros, focada no projeto ENERGIZAR.

Misturamos essencialmente conceitos de Empreendedorismo Social com Modelos e Projetos de Desenvolvimento Sustentável (Permacultura, Transição, EBC, BCSD, B Corp) desde janeiro de 2009 pelo gosto de pensar o futuro.

Vídeos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Qual é a relação entre o filme Sexo e a Cidade, o livro Affluenza, os limites ao crescimento e as soluções para o nosso futuro colectivo?

1. Sexo a Cidade - o filme: 4 mulheres independentes, amam, vivem e trabalham em Nova Iorque, uma das capitais da Civilização Ocidental.

2. Affluenza - o livro: para o autor (Oliver James) há um vírus contagioso, com origem também em Nova Iorque, que atinge sobretudo os telespectadores de todo o mundo, e que está a causar uma epidemia de depressão, ansiedade, dependência e tédio.

3. Limites ao crescimento: o sistema monetário e bancário actual, com sede principal em Wall Street, Nova Iorque, exige crescimento económico, independentemente de qualquer custo social e ambiental. Nós em geral, muito auto-centrados, não queremos, inconscientemente e conscientemente, mudar o nosso quotidiano, nem os nossos planos para o futuro. "Optaremos" pelo salve-se quem conseguir...

4. O nosso futuro colectivo: depende de nos conhecermos individualmente e como espécie. Depois, conhecermos bem as consequências do nosso estilo de vida. Finalmente, assumirmos com coragem, a necessidade de uma revolução suave, se tivermos tempo, das nossas crenças e dos nossos comportamentos.

Síntese: O Sexo e a Cidade pode simbolizar a história que atrai milhões de homens e mulheres em todo mundo. O facto de apenas uma minoria conseguir lá chegar, provoca graves distúrbios mentais, na luta por estilos de vida insustentáveis. Há limites ao nosso crecimento económico, ainda propositadamente pouco visíveis nos media, que nos forçarão este século, ou na próxima década, a mudanças radicais. As soluções para o nosso futuro colectivo, passam pelo abraçar da Simplicidade Voluntária.

Exibições: 88

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede EBC para adicionar comentários!

Entrar em Rede EBC

Comentário de BoB o Construtor em 3 janeiro 2010 às 21:08
:)

© 2019   Criado por BEMCOMUM.net.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço