Renew Europe. Fale connosco: +351 239100351 ou hello(at)ebc.pt | Conferência NOVA.policies Entrevista na TSF | Opinião | Sítio institucional Rede EBC.

Bons dias!
Aqui vai uma receita de um amigo, como fazer pomada, podemos usar em inumeras terapias, basta conhecer as plantas.

Extrair as propriedades da planta em azeite virgem, cada planta leva um tempo diferente a extrair, convem acompanhar o processo, mas no minimo uma semana. Depois aquecer num tacho em lume brando, e em seguida coar, porque assim ainda extrai mais um pouco o essencial, com tudo filtrado e o lume aceso, ir colocando pedaços de cera de abelha solida, sempre misturando, quando ficar espesso desligar e deixar arrefecer que resulta no endurecimento da pasta, colocar em frasco e esta pronta a usar.

PS: Gengibre, pimenta preta e piri piri são muito indicados para terapias musculares.

Bambole
Cuidem-se

Exibições: 1377

Respostas a este tópico

Olá companheira :)
Já tinha reparado no tópico mas ainda nao tinha lido com atenção. Deixa-me fazer uma correcção importante.

Quando misturas a cera no azeite, não podes misturar até ficar espesso, se não vais ficar com cera de abelha a cheirar a qq coisa, e não uma pomada :)

Passo a explicar,
A única maneira de avaliar a quantidade de cera a misturar é por palpite e observação. Isto porque enquanto o azeite e a cera estão quentes, eles são completamente liquidos, e em aquecimento é impossivel chegarem a qualquer espessura.
O que tem que se fazer é colocar um pouco de cera no azeite quente e deixar arrefecer. Observar a consistência depois de frio e progredir aos poucos juntando mais cera para ficar mais rijo ou espesso, ou mais azeite para ficar mais liquido ou pastoso.
A consistência é uma opção livre, mediante aquilo que se pretenda. As pomadas com mais cera duram mais tempo, pois a cera conserva melhor evitando o estado rançoso. Mas também torna mais lenta a absorção por parte da pele.
Se ficar muito mole, para além de derreter no Verão também estraga mais rápido.
É bom fazer essa escolha mediante o propósito a que se destina, mediante a temperatura ambiente em que se vive e mediante o tempo a que se destina a quantidade produzida.
Não convém fazer quantidades para durarem mais de um ano, e se o fizermos, convém ser de consistência bem rija.
Acima de tudo, observem, explorem e aprendam, pois isso tornará o processo cada vez mais pessoal. A medicina não é só substância ;)

Boa Sorte para todos e boas pomadas ;)

RSS

Projeto ENERGIZAR

Economia de Transição

Somos uma Rede Social, com mais de 6.000 membros, especializada na facilitação de vida a Empreendedores de Transição para as Sustentabilidades.

Impulsionamos a Permacultura como filosofia e método de design em Portugal desde janeiro de 2009.

Fomos pioneiros na adaptação do Modelo de Transição à cultura e economia portuguesas!

© 2019   Criado por BEMCOMUM.net.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço